Folha de pagamento

De   2 dezembro, 2016

Folha de pagamento

Uma empresa que trabalha com funcionários registrados pela carteira de trabalho deve oferecer um salário compatível com suas atividades desempenhadas em local de trabalho. Para obter o controle dos pagamentos de todo o pessoal de uma empresa, existe um documento denominado folha de pagamento.

A folha de pagamento é o documento que controla todas as movimentações financeiras relacionadas à remuneração de funcionários de uma empresa. Nelas são listados os salários, fixos ou não, bem como os descontos decorrentes de impostos e outras cobranças, e os adicionais, que podem se tratar de bônus ou pagamentos atrasados, por exemplo.

Planilha folha de ponto grátis.

Planilha para controle de horas extras grátis.

Todos os meses, após o recebimento da remuneração, o funcionário tem acesso a sua folha de pagamento, onde pode consultar o valor recebido, bem como outros aspectos que influenciem no montante total. Para o trabalhador, o documento é uma forma de garantir os seus direitos de recebimento de um salário justo e ter acesso aos valores e motivos de descontos.

Folha de pagamento

Em contramão, para o empregador a folha de pagamento também é um documento importante. Além de ser uma forma de controlar a atividade do colaborador, o documento fornece provas sobre o pagamento adequado e evitando problemas judiciais, por exemplo.

Calculando a folha de pagamento

Para calcular a folha de pagamento de um funcionário, primeiramente é necessário ter acesso a suas informações básicas, como nome, documentos, cargo que ocupa na empresa e repartição a qual pertence. A partir destas informações, também é necessário classificar se o trabalhador pertence à categoria comerciária, industrial, ou outras. Essas categorias determinam regras que serão essenciais na hora de realizar o cálculo da folha.

Folha de pagamento

O segundo passo é calcular as horas trabalhadas, sejam elas horas regulares ou horas extras. Nesse momento, o empregador também deve acrescentar os descontos das faltas, sempre tomando o cuidado para descontar apenas as faltas não justificadas. Faltas justificadas podem ocorrer por motivo médico, entre outras estabelecidas pela empresa.

Por fim, é hora de calcular os adicionais do salário, caso eles existam. O último passo se concentra nos descontos relacionados a impostos, como INSS e FGTS. A partir das porcentagens estabelecidas, é possível chegar ao salário final do funcionário.

No linque a seguir você encontra um curso prático sobre folha de pagamento. >Click aqui<

DESCRIÇÃO DA PLANILHA

Sistema multi empresas e multi usuários super completo.
Excelente para escritórios de contabilidade.
Processa várias empresas de uma única vez.
Tela de ajuda em todos os campos do sistema.
Senhas de acesso em vários níveis.
Backup de arquivos.
Relatórios gráficos.
Cálculo completo da folha, férias, 13º salário e rescisões.
(Mensalista, diarista, tarefeiro e comissionado).
Pagamento de autônomos e pro-labore.
Gera SEFIP, RAIS, CAGED, GPS, GRFC, DARF, DIRF e GRRF.
Pode ser integrado com sistemas de ponto eletrônico.
Cadastros de seções e centros de custo.
Calcula 1000 funcionários em menos de 10 segundos! (Baseado em processador Intel i3).
43 Telas para consultas, cadastros e configurações.
17 opções de processamentos.
Mais de 170 relatórios.

Obs: O Desenvolvedor da planilha desistiu de comercializar seu produto.

Para conhecer um curso prático na área  >Click aqui<

Baixe uma planilha grátis aqui Baixar Planilha

2 comentários sobre “Folha de pagamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *